Design de Interiores/Ambientes x Arquitetura de Interiores x Decoração

Este texto faz parte de minha monografia de pós. Vou começar a dividi-lo em partes para poder postá-los para que algumas pessoas não reclamem dos tamanhos de meus textos.

Para perfeita delimitação das áreas de atuação de um profissional de DA, há que se destacar a diferença de atuação dos diversos profissionais que atuam neste mercado.

Para o público, os profissionais são e fazem a mesma coisa. Genericamente, na cabeça dos clientes todos são arquitetos. Decorador e Designer são sinônimos de arquiteto. Porém, para esclarecer e delimitar as áreas e atuações faz-se necessário o entendimento claro de cada um desses profissionais e de seus trabalhos:

a) Decoração: é aquele profissional que buscou aqueles cursos de curta duração oferecidos por escolas como SENAC ou até mesmo aqueles autodidatas. Suas atribuições são bastante restritas uma vez que o seu conhecimento sobre vários elementos componentes de um projeto é inexistente ou nulo. As suas funções restringem-se à escolha de acessórios (vasos, almofadas, cortinas, outros), móveis, cores para paredes e poucas coisas mais. Param por aí, pois não possuem o conhecimento necessário para interferências mais pesadas no ambiente. Não há projeto e detalhamento de mobiliários específicos.

b) Arquitetura de Interiores: está bem distante da realidade da Decoração ou do Design. O uso deste termo como algo similar ou referente ao DA fez-se tão somente por causa do status e valor – glamour – que o termo arquitetura agrega ao trabalho profissional. Na realidade, Arquitetura de Interiores diz respeito à parte estrutural interna da edificação e dentre essas temos as aberturas, fechamentos, janelas, portas, colunas, vigas, escadas estruturais, mas tem a ver também com a relação entre os espaços, destinação e usos destes espaços, enfim, tudo o que faz parte do esqueleto é Arquitetura de Interiores. É o antes do Design. Apesar de alguns arquitetos¹ alegarem que tiveram durante a sua formação essa disciplina e que ela os habilita para atuação em Design de Interiores, é uma afirmação inverídica, pois no Brasil apenas em cinco cursos constam em suas matrizes curriculares disciplinas específicas em Interiores – e mesmo assim nada de Design aparece nem no nome da disciplina nem no ementário. Este profissional, raramente projeta e detalha móveis e, assim como o Decorador, busca opções já prontas no mercado como móveis de linha ou planejados. Adrian Forty, historiador britânico e crítico de arquitetura, que foi o organizador de um extenso volume da editora britânica Phaidon, “Arquitetura Moderna Brasileira” noz diz:

 “Houve algumas mudanças no status da arquitetura brasileira na cena mundial. O Pritzker dado a Mendes da Rocha certamente foi importante. Mas eu ainda tenho a impressão de que o Brasil persiste um tanto isolado em termos de cultura arquitetônica.” (Folha de São Paulo, Ilustrada, 17/06/07).

Anamaria de Moraes, já em 1994 quando da concepção da Matriz Curricular da Especialização em Design de Interiores, quando atuava como docente da Faculdade da Cidade, no Rio de Janeiro, vislumbrava as diferenças entre as áreas e da necessidade e importância da atuação conjunta dos profissionais de arquitetura com os designers na concepção dos projetos de DA quando, nos objetivos do curso coloca, entre outros:

“Integrar o design e a arquitetura de interiores num projeto que considere a otimização espaço, o conforto ambiental e o bem estar do usuário.” (MORAES, 1994)

Já Francesco Iannone, arquiteto italiano, entende que o trabalho multidisciplinar é fundamental, mesmo para a solução de problemas de menor complexidade. Em uma entrevista sua para a revista Lume Arquitetura (2007), ele desconstrói toda a visão totalitarista e onipresente que a arquitetura emprega quando deixa claro o papel do arquiteto e a real necessidade destes profissionais em realizar essas parcerias pelo simples fato de reconhecer que a sua formação não é tão perfeita como alguns arquitetos afirmam. E esta é a característica principal da visão que alguns arquitetos e até mesmo alguns órgãos e associações ligadas direta ou indiretamente à arquitetura no Brasil tem: somos perfeitos e completos.

Aproveito para fazer um aparte neste ponto. Acho engraçado como alguns arquitetos teimam em atacar e atrapalhar o trabalho dos Designers. Digo isso pois pelo visto não deve haver nada de mais importante e sério para eles fazerem como, por exemplo, dentro de suas próprias cidades, junto à administração pública, buscar soluções para as mazelas urbanas. É mais fácil atacar quem está quieto fazendo o seu trabalho para o qual foi devidamente capacitado, treinado e habilitado e não tem poderio de fogo que as prefeituras e câmaras de vereadores exigindo das mesmas que realizem melhorias. Outra coisa é que adoram criticar a péssima fiscalização do CREA sendo que não se dispõem a ajudar. Só coloquei estes dois exemplos para incitar a análise de quem lê este trabalho. Se formos olhar bem para nosso bairro, cidade, estado, país ou planeta não é nada difícil perceber o tanto de trabalho realmente arquitetural há por se fazer. Há coisas mais importantes a se fazer senhores alguns arquitetos.

c) Design de Interiores/Ambientes: o profissional de Design é habilitado para atuar em intervenções que possa ocorrer já desde o momento da concepção do projeto arquitetônico auxiliando o arquiteto a resolver os espaços da edificação de forma a atender melhor as necessidades do cliente. Após a obra pronta, o designer entra em cena para fazer o fechamento/coroamento da obra através da escolha das cores, texturas, revestimentos, mobiliário, os layouts ergonomicamente corretos, a iluminação adequada, o ajuste de algum elemento arquitetônico que esteja atrapalhando ou que esteja esteticamente desagradável. Enfim, o profissional de DA carrega um vasto conhecimento sobre como as pessoas habitam e usam seus espaços. Ele não se preocupa com a escultura que é a edificação e por isso tende a realizar os projetos com maior complexidade e perfeição.

Diferente do que prega um grande arquiteto brasileiro em um livro de sua autoria onde narra uma história ocorrida com uma cliente sua. A mesma foi reclamar com ele pois seu filho pequeno caiu de um beiral com 1,5m de altura e fraturou a perna. Em resposta, ele simplesmente diz que agora ele aprendeu que não se deve chegar próximo do beiral. Um profissional de DA certamente não daria uma resposta absurda dessa apenas com a intenção de proteger a sua escultura, obra de arte.

[1] Antes de qualquer confusão ou generalização como tem ocorrido em alguns fóruns de discussões sobre os assuntos aqui abordados, deixo claro que em nenhum momento eu ou qualquer um dos outros Designers que compartilham desta mesma opinião estamos generalizando. O grifo sobre “alguns arquitetos” (que usarei a todo momento que esta referência aparecer neste trabalho) serve para chamar a atenção ao sentido exato da colocação: ALGUNS profissionais de arquitetura e não TODOS como tem sido interpretada esta colocação exatamente por estes “alguns” com a intenção explícita de provocar todos os outros arquitetos contra os Designers.

149 comentários sobre “Design de Interiores/Ambientes x Arquitetura de Interiores x Decoração

  1. Boa tarde! Fiquei muito feliz em encontrar um texto tão coeso em relação ao que é Design de Interiores e o que é arquitetura de interiores. Estou escrevendo um trabalho acadêmico nessa área e gostaria de saber se você disponibiliza em algum lugar, toda sua monografia, para que eu possa ler e talvez usar como material de apoio. Inclusive, quando finalizar meu artigo, posso envia-lo para que leia. Desde já agradeço a atenção!

  2. olá,meu nome é juliana e quero muito no proximo simestre começar o curso de design de interiores pois bem ,sei que tem muitos gastos e minha renda é baixa então gostaria de saber se existe algum instrumento que será usado durante o curso ,algum material que seja mais caro para que eu possa comprar ainda no ano de 2013 antes do meu curso começar desde já pesso desculpas pelo incomodo é que não conheço ninguem que faz este curso , grata boa noite.

  3. Isso virou um campo de guerra! Mas parabéns para o desenvolvedor do texto. Concordo que EAD não é muito legal, quando se trata de artes e criatividade. EAD está mais relacionado para exatas (administração e financeiro), mas cada um sabe de seu bolso e sabe o que quer! Abraços.

  4. Bom Dia!
    Baseado no EAD atual, o que você acha do curso de designer de interiores da IBDI?
    Trabalho há quase 7 anos na área de decoração ( iluminação, tecidos, cortinas e papéis de parede), quero dar um up na minha carreira profissional e trabalhar futuramente como designer, você acha que pode ser bom pra mim?

  5. Bom dia Paulo, tudo bem! Gostei muito do blog. Parabéns.

    Minha dúvida é a seguinte:
    Quero fazer o curso de Design de Interiores mas não sei se faço um curso de 1 ano e meio, no SENAC, ou encaro logo um de 4 anos (em uniesquina, porque pagar 1.600,00 na Belas Artes é meio difícil). Posso fazer um curso técnico e depois fazer uma pós? (Já tenho formação superior em outro curso), seria para complementar/reforçar a formação técnica.

    Cheguei a cotar a Escola Panamerica de Arte e Design. Qual sua opinião sobre ela? O aluno sai de lá com qual titulação? Não é barato, mas tem nome no mercado.

    Abraço!

    • Camila,

      em São Paulo existem excelentes cursos em universidades (também existem os das uniesquinas).

      Já que quer investir faça um curso superior (tecnológico) que varia de 2 a 3 anos. A Anhembi tem um curso que, pelo que andou ouvindo dizerem, é muito bom.

      Já a Panamericana oferece um curso de nível técnico que é a mesma titulação que você já obteve pelo Senac, portanto não há vantagem alguma para você.

      abs

  6. Parabens pelo Blog, me ajudou a esclarecer varias duvidas. Sou biologa e pretendo me especializar em design de interiores, qual seria o peso se eu conseguisse um curso de especializacao na europa ? Tem alguma dica ? Obrigada.

  7. meu sonho e fazer o curso design de interiores mas so posso fazer a distancia porque em minha regiao nao tem pode me indicar um mais proximo a minha cidade moro em tocantis mg perto de uba obrigada.

  8. Olá Paulo, Boa tarde!
    Tudo bem ?

    Estou pretendo fazer e estou com receio de não dar certo, de investir e não ter retorno! Sei lá, tudo…Coisas da vida! rs..
    Li inteira a matéria, achei super interessante e me animou mais ainda em fazer.

    Me conta um pouco sobre tudo, como começou, como é hoje em dia, etc…
    Como eu começo: Cursos, Técinos, etc…

    Se você puder responder, ficarei MEGA agradecida!

  9. Olá LD Paulo Oliveira, queria saber o seguinte, fiz o vestibular pra design de interiores na Fatec Paraíba e passei, é um curso técnico de dois anos (presencial), adooooro decoração acho mesmo que será a minha área , mas às vezes fico meio triste porque vejo que muita gente despreza o curso e acham que o curso de arquitetura é melhor e irá ter mais oportunidades, que o curso não tem futuro e etc…: Bom, as perguntas são: Depois de formada eu posso tentar fazer um mestrado numa faculdade pública?Porque o curso é tão desprezado e normalmente quem é design de interiores fez antes o curso de arquitetura?

    • Olá Claudia, primeiramente parabéns pela aprovação.
      Bom, vamos por partes.
      REalmente ainda há esse “pré-conceito” com relação à profissão, mas isso já está mudando. A regulamentação profissional está por acontecer junto com a do Design e a tendência é uma melhora com relação ao mercado.
      Já sobre mestrado e doutorado, por ser um curso tecnológico não há possibilidade de fazê-los. Mas você pode fazer especializações.
      Sobre a migração da arquitetura para Design, creio ser por causa do mercado que está bem melhor na nossa área e também porque a Arquitetura traz muitas responsabilidades que muitos profissionais não estão afim de assumi-las. Claro, tem também aqueles que não tem tino pra Arquitetura então tem que aproveitar algo do conhecimento adquirido nos anos perdidos numa faculdade de Arquitetura pois convenhamos, fazer 6 anos de Arquitetura pra virar decorador é meio difícil de engolir não é mesmo?
      abs e sucesso!!

  10. Gostei muito do seu blog…não conheçia sobre essa área e me interessei bastante…
    minha pergunta é a seguinte…

    Eu não sou boa em matemática…sei só as coisas básicas,e curto muito desing,decoração,vale a pena eu fazer esse curso de design de interiores?
    Deste já agradeço…

  11. Boa tarde, Paulo!
    Preciso de um auxílio, não consegui compreender a diferença (se realmente houver alguma), entre Design de Ambiente e Design de Interiores. Li todos os seus posts, mas ainda não ficou claro.
    Diante da sua resposta preciso me decidir qual curso fazer, se é Tecnólogo em Design de interiores, ou Bacharelado em Design de Ambientes, pois não estou com vontade de fazer uma graduação de 4 anos ou mais , uma vez que já possuo Pedagogia e Administração. Porém como sou formada pela UEMG, e nela própria há o curso de D.A, então pensei em fazê-lo lá.
    O que me desanimou muito em fazer design de ambientes foi sua grade curricular, há muita filosofia e metodologia, o que das quais estou extremamente cansada em estudá-las, quero algo mais prático como é o caso do tecnólogo em Design de interiores.

    Antes da sugestão, veja o que me levou a querer fazer este curso. Quero mexer com acabamentos da casa depois de “levantada”, fazer jardins de inverno e externo. E trabalhar com móveis sustentáveis como os que faço na minha casa, como por exemplo mesinha de centro de palete. E então o que realmente devo fazer?
    Desde já agradeço,

    Fernanda

  12. Paulo,
    Estou terminando um curso tecnólogo em design de interiores e pretendo cursar disciplinas para mudar a minha titulação para bacharelado.
    Quais e quantas disciplinas são necessárias para isso?
    Abs

  13. Oi Paulo, parabens pelo trabalho… quando vejo projetos assim, me sinto ainda mais incentivado a seguir essa carreira tao linda… Quanto tempo dura um curso de Design de interiores? É possivel encontrar um curso super intensivo? Se fosse possivel, qual o menor tempo possivel voce acha que eu poderia terminar o curso.. Um abraco e obrigado desde ja!

  14. Ola! Esse ano não consegui me matricular em nenhuma faculdade de design e estou pensando em fazer um curso a distancia pra não ficar parada. O que você me indica? Não queria ficar mais um ano esperando. Fico no aguardo. Ah, e excelente matéria, Parabéns! As pessoas precisam de bons conteúdos .

    • Franciele,

      é preferível que você dispense este tempo em cursos de desenho, autocad, etc.

      Assim, quando entrar na faculdade poderá usar o tempo destas disciplinas para aprimorar o conhecimento das outras já que dominará estas básicas e não terá dificuldades em cumprir os trabalhos delas.

  15. Olá Paulo,
    gostaria primeiramente de parabenizá-lo pela excelente explicação,achei que foi bem esclarecedora e gostaria que ocẽ ou alguém que possa me ajudar me dẽ dicas sobre as melhores faculdades de design de interiores e me auxilie quanto ao mercado de trabalho se é vasto ou não,pois eu quero muito fazer design porém tenho receio quanto a isso…

  16. Olá Paulo,
    Antes de mais nada, parabéns pelo seu blog, pelos esclarecimentos e pela honestidade de suas exposições!

    Você menciona que o DA não tem autonomia para lidar com as questões estruturais, como derrubar uma parede! O DA tem em sua formação noções técnicas de materiais constução para escolher o mais adequado e que caberá no orçamento do seu cliente sem a necessidade de recorrer a outros profissionais?

    Outra coisa, sou marceneiro profissional e quero ingressar no curso de DA e tenho a intenção na minha empresa de projetar ambientes indo além da marcenaria. Sempre com o foco na reforma/manutenção de interiores. Existe no curso uma ponte entre o projeto do mobiliário (além do o detalhamento e ergonomia) e o mundo real também do material que será utilizado, tipo de madeira, o tipo de acabamento… ?

    Desde já agradeço sua atenção!
    Abraços!

    • Veja bem André,
      o DA, legalmente falando por enquanto, não pode derrubar paredes apesar de ter em sua formação disciplinas que o habilitam (tecnicamente baseado nos conhecimentos) a efetuar estas alterações.
      Sobre os materiais, sim. Tudo que vai dentro de um ambiente o DA aprende no curso e pode executar tranquilamente em seus projetos sem a necessidade de recorrer a outros profissionais.
      O projeto de mobiliário está inserido no todo do projeto de interiores. Ele deve conversar/dialogar com o restante do projeto (técnica, estética, estilo, etc) além de atender às necessidades do usuário (técnica, ergonomia, acessibilidade, psicologia, etc).
      Abraços e um 2012 iluminado a você!!!
      ;-)

      • Valeu, muito obrigado por suas explicações, lendo tudo o que você ja postou, agora sei que vou seguir uma carreira de altíssimo valor profissional! Dá pra se ver como é sério e inestimável o papel de DA e você representa muito bem isso sem hipocrisias! Outros abraços e também lhe desejo um 2012 iluminado!

      • André.
        .
        Fica frio e derrube tuas paredes com cuidado (só verifique se a construção não é de alvenaria estrutural, isto qualquer engenheiro pode auxiliá-lo),
        Digo fique frio, porque os arquitetos, que tem esta prerrogativa legal, tem a habilitação mas não tem a competência!!!
        .
        Se tiveres em dúvida, sempre consulte um engenheiro!

        • Exatamente Rogerio.
          É o que eu sempre digo: na disciplina de projeto deve ser repassado conhecimento sobre estruturas para que o designer possa trabalhar e propor melhores soluções e sempre – eu disse sempre – trabalhar em parceria com um engenheiro quando houver a necessidade de alterações estruturais.
          abs

      • Caro Paulo.
        .
        Não sei se seria uma boa estratégia, porém como agora os arquitetos saíram do sistema CREA/CONFEA talvez os designers de interiores poderiam procurar se associar a este sistema, hoje em dia não há nenhum conflito de interesses entre os engenheiros e os designers. Há uma vantagem nisto, os engenheiros sempre são educados num ambiente de trabalho em equipe sem estrelismos e a complementariedade dos engenheiros civis com os designers de interior seria muito maior do que com os arquitetos.
        Não sei se é uma opção válida, mas se não foi pensada talvez deva ser examinada.

  17. Oi Paulo!!!
    Adorei seu site, muito rico e explicativo.
    Devido a tempo (tenho filhos pequenos)e dinheiro, torna-se complicado o curso superior e mais provável o curso técnico com duração de 2 anos.
    Há prenconceito do mercado em relação aos técnicos, sendo possível crescer e ganhar cliente apenas se for tecnólogo?
    Você tem algum conhecimento do cursos de design pela ABRA?

    Obrigada pela ajuda e muito sucesso.

    Sds,
    Michele

  18. Olá…
    Adorei seu blog…muitoo msm!!!
    Tenho algumas perguntas..rsrs..
    Gostaria de fazer BELAS ARTES,tentar bolsa no cursoo de desing, de interiores,mas não mando muito bem no desenho sei q é necessario.Gostaria de saber se com um bom curso de desenho consigo ir bem.??
    .Meu grande problema é tentar desing é por causa do desenho não ser bem sucedida..Gostaria de ver sua opinião..muito msm…Grata,Tamires

  19. Eu considero o seu testo pedante. Você descreve sem nenhum respeito os demais profissionais, e não só “alguns”. Um pouco de ética não faria mal nehum a você. Eu não sou arquitera ou decoradora, não me sinto pessoalmente ofendida, mas posso dizer que a maneira como você se refere a estes profissionais fala muito mais sobre você do que sobre eles. Não importando aí a verdade ou inverdade das suas palavras. Espero que o seu orientador possa lhe dar alguns conselhos a respeito…

    Ah, e que também faça uma boa revisão em seu texto. E lhe diga, por exemplo, que em “o profissional de Design é habilitado para atuar em intervenções que possa ocorrer…” a flexão verbal correta é “possam”, porque concorda com “intervenções”, no plural.

    Espero que o tenha ajudado.

    Sheila Mueller

    • Sheila,
      grato pela mensagem, mas para seu conhecimento, esta monografia é de 2007, já foi aprovada com nota maxima pela banca. Você está um tanto atrasada.
      Você não é da área portanto não tem conhecimento dos FATOS para opinar sobre.
      Também um outro detalhe importante:
      Eu sou responsável pelo que eu escrevo/falo, não pelo que você entende.
      Sobre o erro gramatical, faltou-lhe argumentos sobre o texto e teve de agarrar-se à esta cordinha?
      Me poupe!

      • Caro Paulo.
        .
        Parabéns pela educação. Para criticar a revisão de um texto começando a colocar “testo” no início da crítica, parece que não sabe o que é fazer uma revisão. Sei que proprietários de um Blog, não devem criticar duramente seus interlocutores, mas como comentarista posso (e não poço!).
        Um abraço, e mais uma vez, parabéns pela paciência!

        • ¬¬

          Rogerio, esse comentário aí é apenas um dentre tantos nesse estilo que recebo aqui em meu blog. E não é dos mais pesados não.

          Mas se incomodou é sinal que toquei em alguma ferida que as pessoas preferem fazer de conta que não existe e dessas, existem muitas.

          abraços

  20. oi

    amei este site. muita informações boas e honestas sobre arquitetura&design interior. seu sempre fui muita fascinada pelo design ambientais. para mim o design é uma arte, e eu gostaria muito de entrar em uma faculdade para possuir isso como uma profissão.dentro da minha escola(professores,coordenação&estudantes) falam que arquitetura ambiental é a melhor escolha. eu tenho interesso em decoração e não a construção de quartos. preciso me informar mais antes de fazer a minha escolha final. gostaria de saber qual escolas federais/estaduais oferecem o curso para decoração ambientais, e o que que eu estudaria neste curso exatamente. se for possível eu gostaria de saber em média o salário anual de um designer de interiores.

    muito obrigado!

  21. Olá pessoal,
    Depois de ter feito uma faculdadade de engenharia civil , uma de arquitetura e uma de administração à distância, quero deixar claro que de todas elas a de administração foi a prova que mesmo sendo à distância a qualidade de ensino foi ótima porque as disciplinas estavam muito bem explicadas e não jogadas como acontece em sala de aula , além da vantagem de rever qualquer uma das aulas em caso de dúvidas. Diante dessa tecnologia que dispomos hoje só temos que comemorar e quanto ao aprendizado , as provas nos pólos EAD não são diferentes das disciplinas presenciais de qualquer curso,pois, só passa quem sabe.
    SDS: Julio

  22. Olá Paulo,

    Gostei muito de seu texto sobre as diferenças entre os diversos profissionais….trabalhei anos na Unimed e descobri que não é só entre médicos e enfermeiros que há conflittos entre seus reais papéis e responsabilidades. Acho que este fato se deve a impossibilidade de alguns profissionais não abrirem a mente quuma equipe multidisciplinar teria melhor êxito na proposta em que estão inseridos.

    Mas vim aqui pedri sua ajuda, em uma decisão que esta me martirizando.
    Sou formada em Adminsitração de empresas ( UNINORTE – MANAUS) e
    Pós-Graduada em gestão de pessoas, e confesso que aderi as esta área apeas por interesse profissional, não era o que realmente almejava, ou seja não era a area que eu realmente me identificava.

    Em fim, tenho 42 anos, e me descobri apaixonada por tudo a que se refere a criação….Arquitetura, desing de interiores, urbanismo e outros. Me confesso em conflito entre arquitetura e desing de interiores, e foi nesta procura que encontrei seu texto e o que me parece realmente estava correta em minha intuição.
    a pergunta que faço é a seguinte:

    Existe um grande conflito entre arquitetos e desing de interiores será que em minha idade ainda é tempo de ingressar nesta área? O mercado de trabalho é amplo para os profissionais de Desing Interiores ou os arquitetos ocupam a fatia já disponivel no mercado e os profissionais de designe têm de estar em uma eterna busca de provar seu real papel e importância diante dos arquitetos?

    Qual área seria melhor eu ingressar? Arquitetura ou Desing, como ja falei não tenho muito tempo para ficar escolhendo por isso peço sua opinião, claro em nenhum responsabilidade.

    Será que teria espaço para uma pessoa de minha idade por ex. Estágio, seja qual for minah escolha Arquitetura ou Desing de interiores.

    Sempre fui muito dedicada em tudo que fiz, sempre me destaquei nos cursos que fiz, e não pretendo nunca para de estudar e me especializar…pois entendo a importância da especialização.

    Outra duvida:

    Estou em porto alegre e na ULBRA tem um curso GRADUAÇÃO -2 anos e meio…para Desing de interiores. Você acha que este periodo e suficiente para formar um profissional capacitado?

    Já antecipadamente agradeço seu retorno

    Irlanda Cardoso Barbosa

    • Olá Irlanda,
      bastante sensato o seu comentário porém tenho alguns pontos a destacar:

      1 – as parcerias profissionais são essenciais seja em que área for.
      2 – Não existe conflito entre arquitetos e designers, o que existe é a competição pelo mercado pois atuam em áreas correlatas.
      3 – Os designers não tem de provar absolutamente nada aos arquitetos e sim ao mercado: mostrar-se, atuar e colocar-se como profissionais tão ou mais competentes nesta área, afinal somos formados especialistas nessa área.
      4 – Os designers também não devem satisfação alguma e muito menos curvar-se aos órgãos e conselhos de arquitetura e engenharia: não fazemos parte destes, portanto eles não tem poder sobre a nossa atuação profissional.
      5 – Idade: não importa. O que importa é você saber utilizar os seus contatos sociais em benefício da nova profissão.
      6 – Arquitetura ou design? Quer construir, faça arquitetura. Quer planejar espaços e ambientes, faça design.
      7 – duração do curso: o curso pode ter 1 ano e formar excelentes profissionais e outro ter 6 anos e formar péssimos profissionais. Isso depende do interesse e empenho individual do aluno.

      Espero ter ajudado e esclarecido suas dúvidas, qualquer coisa é só voltar aqui ok?

      abs e sucesso!!!

  23. Gostaria de maiores informações sobre o curso de design, pode ser feito a distancia?
    o valor e o tempo de duração, aguardo seu retorno.

    Lia Marimon

    • Jadinha,
      Pós durante férias? Acho difícil encontrar algo tão rápido assim.
      O que você encontrará são cursos livres mas tem de procrurar nos sites.
      abs

  24. Olá boa tarde!

    Gostaria de saber como eu posso fazer este curso de DA a longa distancia, eu morro no MT em uma cidade chamada Juina.
    Estou muito interessada, gostaria de um esclarecimento aguardando a resposta.

    Obrigada

    Elisangela Stachack

  25. OLa,
    estava muito em duvida do curso que iria escolher.Mais assim que conheci o curso design de inteiores me apaixonei.Tem uma otima faculdade aqui na minha cidade,teresina-pi.Mais tenho um medo danado do vestibular,de nao passar.Eh verdade que o vestibular de inst. privadas eh mais facil de passar?

    Desde de ja,agradeco.

    PS. nem sei se voce podera me dah essa informacao.rs rs
    Adoreiii seu blog,muito esclarecedor,e me ajudou a nao ter a menor duvida do curso.

    • Flavia,
      geralmente são mais fáceis de entrar sim nas particulares. Porém isso não é sinônimo de qualidade ruim nos mesmos.
      grato pelos elogios
      abs e sucesso

  26. Oi Paulo,

    Tenho uma grande dúvida,qual a diferença entre arquiteto de interiores e design de interiores?
    Qual a diferença entre bacharel em Design de interiores e o tecnólogo?
    Eu estou com planos de ir para portugal,derrepente vou estudar lá,quando eu voltar meu curso será reconhecimento como todos os daqui de design?
    obrigado!

    • Bruna,
      São as que estão especificadas no texto.
      Alguns arquitetos estão usando esse termo apenas com a intenção de tentar valorizar algo que não existe na verdade pois arquitetura de interiores nada tem a ver com design de interiores. No texto acima você entenderá isso.
      Sobre as diferenças de formação, quanto maior a diplomação mais complexo e amplo o conhecimento. Maior segurança no projetar entre tantas outras vantagens.

    • Deborah,
      isso vai depender da instituição onde você pretende prestar vestibular pois algumas (muito boas) cobram o THE e outras (muito duvidosas) cobram apenas uma redação…

  27. olá gostaria de saber como faço para obter o curso á distancia e quanto é ? Moro longe em uma cidade pequena e os unicos cursos que tem é de contabilidade,pedagogia e administração.E o que gosto mesmo e tenho curiosidade de aprender é sobre decoração,construção,arquitetura.Adorei a idéia da faculdade á distancia.

    • Thamires,
      não sei se tem algo aí na tua região.
      Dê uma olhada aqui no blog num post chamado Design de Interiores – Cursos. Quem sabe ali você encontre algo próximo.
      abs

  28. Oi… bom eu estou muito interessada em cursa desingn de interiores,
    mas eu moro em Minas Gerais – Juiz de Fora, não sei se será possivel
    mas por favor, alguem conhece um curso aqui, pelo menos um basico,
    para que eu saiba se realmente me indentifico com tal curso.
    Obrigada.

  29. Sou facinada por decoraçao e arquitetura.Tenho o ensino medio,mas nao pude fazer faculdade na area por falta de condiçoes ,pois sei que e bem caro este tipo de curso.Moro em Sao Gonçalo-RJ e queria dicas de cursos tecnicos que eu possa fazer.

  30. Olá, gostaria que me ajudasse. Eu vou fazer arquitetura, mas agora pensei em fazer Design de Interiores.
    é uma boa eu fazer os dois ? e qual seria melhor eu fazer primeiro ?

    • Olá Helen
      primeiro você tem de definir o que você quer profissionalmente
      se quiser construir faça arquitetura e depois especialize-se em Design de Interiores
      caso contrário, faça um bom curso superior de Design de Interiores/ambientes e siga com especializações e cursos extras.
      abs e sucesso.

  31. Ola!
    Por trabalhar na área, eu comecei um curso de engenharia civil, mas sempre quis fazer arquitetura, então tranquei o curso. Agora eu estou meio deslocada sem saber por onde começar. Tenho muitas idéias na cabeça e não sei ql realmente vale a pena eu tentar. Qro começar na faculdade de arquitetura vou fazer uma particular pois na federal eu teria de dedicar mais tempo para o estudo do vestibular, então para pagar a faculdade eu tenho que trabalhar. O meu padrasto falou que consegue um emprego que eu ganhe bem e da para pagar a faculdade, mas para isso eu preciso fazer um curso de desing de interiores. Eu consegui também um estágio para aprender a fazer maquetes físicas. Agora eu não sei o que devo fazer….optar por apenas uma das coisas…ou fazer todas….ou escolher duas…rsrsrs estou sem saber o que fazer!!!! Será que você poderia me dar uma orientação????

    • Ana.
      o design desmembrou-se da arquitetura, assim como a decoração também o fez pelo simples fato de que ninguém é capaz de fazer tudo. A especialização se faz presente nos dias de hoje. Então vai de você descobrir do que realmente gosta e mandar ver.

  32. Sou designer gráfico e meu projeto de TCC entra mais ou menos nessa temática de design de interiores, etc., mas o meu projeto é voltado para plotagem e adesivação. Estamos encontrando muita dificuldade para fazer a parte escrita do projeto porque temos pouco referêncial teórico sobre o assunto.

    O que eu quero dizer é que, se você quiser e puder, você poderia nos indicar algo como referência – livros, revistas, artigos, monografias (inclusive a sua) – que nos ajudasse nessa empreitada.

    Agradeço desde já,

    Leonado Rodrigues.

    • Leonardo,
      seja mais específico no que deseja.
      Mande um e-mail para mim com o resumo e as dúvidas exatas de vocês para que eu possa direcinar corretamente ok?
      abs

  33. Nobre, pode me indicar algum design de ambientes que não tenha preconceitos de prestar um bom serviço para um suburbano carioca como eu?
    Estou querendo fazer uma pintura no exterior e na sala da minha humilde residência e troca da mobília desse cômodo (no subúrbio do RJ), mas es tou encontrando dificuldades para achar um profissional com vontade de trabalhar com um orçamento limitado.

    • Edilan,
      realmente isso é uma luta constante: conscientizar os profissionais da importância do trabalho junto às classes mais baixas. Tenho tentado conscientizar através do blog e de palestras mas realmente é complicado.
      Se você fosse daqui eu teria o maior prazer em fazer este trabalho para você, mas à distância fica complicado dependendo do que você deseja.

  34. Vivian
    não acredito que não haja espaço para designers aí na tua região.
    Tudo vai depender da sua postura diante do mercado, de sua rede de relacionamentos pessoais e profissionais, de suas parcerias enfim, depende apenas do seu esforço pessoal.
    Mercado há sim, basta ter força de vontade de correr atras dele.
    abs e sucesso.

  35. olá, eu estou no 3° colegia, e agora começa aquela pressão em cima de vestibular… desde pequena, sempre gostei de desenho, então penso em fazer futuramente um curso de arquitetura, mas o que me preocupa são os calculos… nunca me dei bem com numeros… então, certa vez procurando coisas relacionadas ao assunto, achei o curso de design de interiores, que é feito no Senac em jaú – SP, (realmente quero fazer esse curso mesmo)mas penso que aqui no interior não ha muito futuro para essa profissão… queria algumas dicas sobre onde posso trabalhar, e se aqui no interior terei futuro sendo uma design de interiores !!!

  36. Juliana,
    a vida seria sem graça sem os desafios não é mesmo? Além disso, 27 anos… você ainda tem uma vida inteira pela frente!
    Bom, com curso tecnólogo não podemos fazer mestrado nem doutorado, porém podemos fazer especializações.
    Para lecionar, faz-se necessário fazer a pós em Metodologia e Didática do Ensino Superior pois nesta iremos adquirir os conhecimentos necessários da área pedagógica.
    abs e sucesso!

  37. Olá Paulo!
    Sou formada em Marketing, atuo na área de comunicação, mas sempre quis atuar na área de arquitetura e/ou DA. Tenho 27 e mudar nessa idade as vezes é complicado, mas estou pensando…

    Dúvidas, com o curso de tecnólogo posso fazer mestrado e dar aulas?
    É um bom caminho?
    Obrigada e Abraços

  38. Paulo, eu acho que eu vou ”ficar” aqui no seu blog por um longo tempo.Porque como voce ve sou iniciante e preciso aprender muuuuito, e pra isso peciso de uma bom conselheiro,profissional,bem esclarecido.
    Minhas duvidas posso vir aqui e postar minha pergunta sempre que eu precisar?!
    Eu fiz um curso técnico de desenho técnico ,e como todo curso técnico recebi o diploma.Esse diploma pode me ajudar a encontrar um estágio de designer em um shopping de decoração?Mas pretendo fazer um curso técnico de AUTOCAD,3D vale a pena? ou tem outos curso que conta mais?

    • Ana, fique a vontade ok?
      Bom, primeiro você tem de entender que decoração é uma coisa bem limitada e design é outra bem mais ampla e complexa.
      Uma coisa, o curso de design de ambientes/interiores nao foi feito para preparar profissionais para trabalhar como vendedores, se bem que ajuda e muito a estes profissionais… quem dera estes fizessem o curso ou que este curso fosse obrigatório para atuar como vendedor em lojas de moveis e revestimentos… Ele prepara a pessoa para a atuação profissional autônoma em projetos em escritorio proprio ou em escritorios de arquitetura e engenharia principalmente.
      Quanto aos cursos, todo e qualquer conhecimento que você puder agregar ao seu lado profissional é mais que bem vindo.
      abs e sucesso.

  39. não, claro espero sim.
    Mas entao preciso somente de uma faculdade de designer ?
    Porque eu tenho 17 anos e estou com uma duvida enorme quanto ao meu curso ,porem, sempre gostei de decoraçoes.Mas tenho medo de me arrepender depois por nao ter feito arquitetura porque existem varios mitos entre arquitetos e designers; ex: o arquiteto tem autorizaçao para realizar qualquer obra e fazer qualquer tipo de acabamento, entao,isso pra mim é um pouco complicado porque acaba que o designer tem menos lugar no mercado, e basicamente isso a minha duvida.
    Mas gostei muito do blog, e bastante esclarecedor e profissional!
    Obrigada pela antenção.

    • Oi Ana,
      engano seu pensar que temos menos espaço no mercado.
      A única coisa que um designer nao pode fazer é construir e lidar com estruturas, de resto, entramos sim em todas as outras areas.
      Revestimentos e acabamentos, mobiliários (escolha e design), paisagismo, iluminação e lighting design, enfim, podemos fazer tudo sim.
      Vale lembrar que até mesmo os arquitetos tem de recorrer a um engenheiro civil para trabalhar estruturas. É aquela coisa: quem quer fazer tudo acaba fazendo tudo mal feito. É melhor hoje em dia pensar em parcerias profissionais o que gera projetos complexos e completos e minimizam as falhas projetuais pois assim, cada um cuida de detalhes específicos do projeto.
      Quem anda dizendo isso ou aquilo contra os designers sinceramente merece desprezo pois não passam de profissionais melindrosos e com medo da concorrência. Preferem a arrogância à parceria. Portanto…

  40. Ola,eu queria esclarecer uma duvida.
    Para ser designer preciso obrigatoriamente de uma faculdade de designer?
    se nao, como deve ser feito?

    • Ana,
      muito oportuna essa tua pergunta e que causa tantas discussões…
      porém de forma rápida temos de pensar da seguinte maneira:
      pra ser medico precisa fazer medicina?
      pra ser advogado precisa fazer direito?
      e por aí vai…
      espero ter respondido de forma rapida, porém se aguardar um pouco ate eu conseguir reslver estes problemas aqui no blog, vou fazer um post especifico sobre essa questão ok?
      abs.

  41. Debora,
    é o que eu sempre digo:
    você quer construir? então faça arquitetura
    voce quer trabalhar os ambientes para melhora-lo para seus usuários atendendo suas necessidades? Então faça Design de Interiores/Ambientes.
    Sempre opte pela maior titulação. Se tiver condições de fazer a Belas Artes FAÇA! Se não, opte por um tecnológico (superior) e depois faça alguma pós específica na área para complementação, sem contar os diversos cursos extra que você pode fazer também.
    abs.
    .
    Sandra,
    no teu caso, como já tem conhecimentos específicos na área por causa de tua formação, os cursos à ditância são sim uma excelente opção. Te indico o do IBDI que, até onde sei, é o melhor na modalidade atualmente.
    abs e sucesso!

  42. fiz arquitetura num pais do mercosul, hj pra rivalidar no Brasil vejo q sera impossivel, pois me pedem coisas que da ultima vez eu engavetei, estou triste decepcionada com tanta dificuldade pra rivalidar um curso e instituiçao reconhecida pelo mec, mas vejo q fiz 6 anos de faculdade, pois la eram 6 anos pra nada, perdi tdo q fiz, meu tempo(porque pra tdo tem seu tempo), hj nao tenho mais, fiz um curso superior de tecnologia na area civil e tecnico tb na area civil atuo na area a 19 anos, e vi numa graduaçao a distancia a minha unica chance de ter alguma atribuiçao, pois tdos q me conhecem veem como sou otima profissional, tb com tanta formaçao e sem nenhuma atribuiçao, arquitetura nao consigo rivalidar, tecnologia so sendo subordinado ao um eng.(impossivel,ganacia) e tecnico ate 80 m2,é triste minha historia pois qdo fiz tecnologia nos informaram q seria uma coisa e é outra totalmente diferente, e ja nao estou com idade e nem tempo, hj meus filhos precisasm estudar, O MEU TEMPO passou, vc como educador acha q um curso a distancia da area de arquitetura ou desing nao viria me ajudar, se eu pudesse fazer a distancia tendo os conhecimentos q tenho nao seria ainda uma otima opçao?

  43. Olá, amei o seu texto me ajudou muito em saber o que eu gostaria de fazer! E as perguntar e as suas respostas também…

    bom eu faço Fatec Edificios, eu sempre quis fazer Arquitetura, porem na Época não tinha condiçoes de pagar uma faculdade particular e a unica publica que eu passe foi em Engenharia.
    Eu Trabalho na area de engenharia, sou projetista de hidráulica, ano passado eu tive a oportunidade de começar um curso tecnico de design de interiores na ABRA, porem não tive mais tempo para me dedicar o curso e desisti. E foi uma pena pq é uma delicia.

    De um tempo para cá venho pensando em mudar de area, e andei pesquisando, e nessa entrei nesse site, onde pude perceber que é o que eu gosto mesmo.

    Mais eu gostaria de saber, eu pretendo continuar o meu curso na Fatec, mesmo pq faltam 1 ano e meio. E depois eu gostaria de era melhor eu fazer Arquitetura e depois pos em Design, ou Já fazer uma Faculdade de Design de Interiores ou Tecnico???

    Eu andei pesquisando e vi curso de Tecnlogo, com duração de 2 anos e Gradução com duração de 4 anos, como na Belas Artes.

    O que voce me indicaria?/

    Outra coisa que eu fiquei em duvida é sobre concurso publico par Design, tipo como é o trabalho? O que é feito? E o que é preciso para prestar??

    Grata, espero respostas se possível.

  44. Gisele,
    essa impressão pode ser porque esse texto é apenas uma parte de um texto enorme (280 páginas) de minha monografia de pós.
    abs.

  45. Boa sao as informaçoes, mas soaram muito como critica as pessoas pouco informadas ou as pessoas que por um desejo de ser grande coisa deturpam a funçao para melhorar seu status, do que uma simples explicação do que é cada atividade.

  46. Rebeca,
    primeiro você tem de definir bem o que você quer fazer: design ou arquitetura? Definido isso, poderá optar pelo curso correto.
    Para que gastar tempo e dinheiro com um curso técnico se você pode fazer um tecnólogo no mesmo tempo, que é bem mais complexo?
    Sobre mercado, ele existe em todos os lugares, basta o profissional saber observar e conseguir detectar os nichos e aberturas. Recife certamente tem um bom mercado sim.
    abs e sucesso.
    .
    Andreia,
    Bom, as diferenças básicas estão no texto aí em cima.
    Sim, nós designers “desenhamos” plantas, assinamos nossos projetos e tudo o mais. A única diferença é que não podemos lidar diretamente com a parte estrutural ainda. Mas para isso existem profissionais de arquitetura e engenharia que cobrem esta parte tranquilamente.
    Um exemplo rápido: você pega um cliente num desses “apertamentos” atuais. Para melhorar o espaço, você propõe a derrubada de uma parede para otimizar/ampliar/melhorar os espaços. Caso o cliente aceite, entrará em cena então o engenheiro/arquiteto que fará os estudos das possibilidades estruturais e se responsabilizará pela derrubada da parede e, se necessário, dos reforços a serem feitos. O resto todo do projeto, É SEU!
    Eu particularmente prefiro a área do design, mas dizer qual comensa mais é complicado. A questão que você deve responder é: o que eu gosto mais? Construir ou melhorar/otimizar?
    abs e sucesso!

  47. Olá, gostei do site!
    Gostaria de saber a diferença do arquiteto e deseign de interiores… pretendo ingressar na área, mas gostaria de saber a diferença, se o design também assina projetos, desenha plantas etc… Enfim o papel de cada um e o que compensa mais.

    Agiuardo1

  48. olá, quero fazer arquitetura , mas me interesso muito pela área de interiores,e por isso gostaria de saber se um curso tecnico de designer com 2 anos de duração é uma bom começo para quem pretede engressar nessa aréa e atuar futuramente com o curso superior em arquitetura?
    E tb gostaria de saber se com uma formação tecnica em designer é possivel ja trabalha nessa área e se tem mercado pro tecnico principalmente em Recife ?
    desde ja agradeço!

  49. Estou super interessada nese ramo de Design, você por acaso teria algum curso para me indicar bom na cidade de Juiz de Fora, MG? De repente vc conhece alguém daqui…será? Obrigado!!!

  50. Bruna,
    As disciplinas que você irá cursar vão desde desenho à mão (livre e técnico), passando pelo computador, hstória das artes, design, mobiliário, arquitetura, conforto ambiental (termico+acústico+iluminação), materiais (revestimentos+acabamentos+outros), estilo, projeto, psicologia enfim, é uma vasta gama de disciplinas.
    O vestibular da UFRJ tem o THE onde você tem de desenhar à mão livre. Já começa aí.
    Depois, para desenvolver os projetos, especialmente em sua fase de concepção, nada melhor que o papel, lápis e borracha. Depois entra o computador.
    Procure fazer algum curso livre de desenho como observação, perspectiva, etc.
    Isso facilitará e muito o seu curso.
    abs o boa sorte.

    Renata,
    dê uma olhada neste meu post:
    https://paulooliveira.wordpress.com/2008/06/30/design-de-interiores-cursos/
    abs

  51. OLA !GOSTARIA DE FAZER UM CURSO TECNICO DE DESIGN DE INTERIOR. GOSTARIA DE SABER ONDE POSSUI ESTE CUSRSO EM BELO HORIZONTE OU JUIZ DE FORA, JA QUE AS DUAS CIDADES FICAM MAIS PROXIMA DA MINHA.

    • Renata,
      em Belo Horizonte tem o curso técnico de design de interiores no INAP aos sábados com duração de 2 anos e meio e durante a semana com duração de 1 ano e meio. Além de ser um excelente curso, é reconhecido pelo MEC e vc poderá ter o CREA.
      Vale a pena dar uma olhada no site

      • Consuelo,
        visitei o site e vi a matriz curricular do curso, porém faltam informações como o ementário e os professores.
        Um detalhe muito importante sobre o seu comentário:
        CREA pra que?
        Ha anos lutamos para não sermos engolidos por esse conselho e tampouco pelo CAU. No caso dos técnicos até pode ser, mas para o pessoal com formação superior, as atribuições profissionais são reduzidíssimas ou seja, muito do que aprendemos na faculdade não podemos executar baseado nessas atribuições que o CREA impõe. E também eles não estão dispostos a arrumar isso abrindo outra categoria, de nivel superior.
        Portanto, para o pessoal que tem nivel superior é um erro absurdo entrar para o CREA.

  52. Olá!!!
    Gosto muito de design de interiores…
    Gostaria de saber quais são as materias especificas necessarias para fazer esse curso na faculdade.No caso a prova q eu terei q fazer antes,pq eu pretendo prestar o vestibular para a UFRJ…
    E o q vc me indica pois ñ sei desenhar bem…será q eu poderia fazer tudo em programas de computador…
    Grata!
    Bruna.

  53. Rita
    curso de arquitetura a distância nao existe
    como você já possui alguma formação na área, pode optar pelo curso do IBDI.
    No entanto, vale te alertar sobre a ABD. Faça uma busca aqui no blog nas postagens sobre essa associação. Leia tudo com calma e perceberá que não vale a pena gastar dinheiro com isso e, quanto à necessidade de ser associado à ABD para atuar profissionalmente, isso é balela. Ela NÃO É UM CONSELHO FEDERAL, portanto nao pode ocorrer essa exigência.
    abs

  54. Oi! Boa tarde gostaria de saber se ainda não existe nenhum curso de arquitetura a distancia reconhecido pelo MEC, caso exista por favor me avise, outro seria de decoração de interiores, pois ja fiz um a muito tempo atras na ABRA e naquele tempo não era reconhecido. Pois gostaria de ter meu ABD. Trabalho na area. Obrigada.
    Rita

  55. Tamires, sei que a conversa nao é comigo, mas olha, aceite um conselho de quem fez uma faculdade e se arrependeu, faça a facul que tiver vontade pois o resultado de uma profissão depende mais do profissional que do mercado, se vc realmente se identificar e se dedicar com certeza vamos ouvir mto falar de vc. Abraço

  56. Noy,
    (rsrsrrs) este é o mundo do Design… às vezes nos falta tempo para respirar e talvez daí essa ausência de respostas para você.
    Quanto às abordagens e conteúdos dê uma olhada nestes outros tópicos:
    https://paulooliveira.wordpress.com/2008/06/30/design-de-interiores-cursos/
    https://paulooliveira.wordpress.com/2008/06/30/tudo-que-voce-precisa-saber-sobre-design-de-interiores-e-ambientes/
    Tanto no post quanto nos comentários tem bastante informações ok?
    abs.
    .
    Tamires,
    realmente a entrada no mercado para um recém formado não é fácil.
    Por vezes encontramos até profissionais com anos de estrada e que ainda não conseguiram “entrar no mercado”. Mas isso depende das ações que você toma a já desde a vida acadêmica.
    Quanto ao mercado ser “elitizado” você tem toda razão. Mas isso é um erro já na formação quando muitos professores se esquecem que existem nichos de mercado onde podemos atuar tranquilamente e que são tão ou mais rentáveis que as residencias e lojas.
    Sobre faculdades próximas a vc nao sei dizer pois desconheço. Tenho procurado novos cursos com qualidade pelo Brasil mas nem sempre encontro maiores informações sobre os mesmos.

  57. Olá
    curso atualmente o 2º ano do ensino médio, então estou chegando na fase crítica de escolher o que quero para o meu futuro. Há algum tempo venho pensando seriamente em optar por ser um profissional de DA. Mas o que tem me preocupado é o mercado, que convenhamos, sem demagogia, é um mercado elitizado. E como confiar num recém formado?
    Pessoas que têm o poder acsitivo para contratar um designer, lógicamente preferirão um profissional renomado.
    Então, por favor me ajude, mostre-me o mercado e qual diferencial um ex acadêmico deve ter ?

    Grata desde já.

    PS:e onde encontro uma faculdade próxima a mim ?
    Pindamonhangaba – SP

  58. Paulo, obrigada por responder, eu já sabia que o tecnólogo é nível superior,a minha preocupação era mais quanto à abordagem dos conteúdos e o mercado de trabalho, já que pretendo mudar de profissão, mesmo assim minha dúvida foi sanada. Aproveito para parabenizá-lo pelo ótimo conteúdo e interação de seu blog, pois tentei várias vezes entrar em contato com designers e não havia obtido resposta.
    Abraço

  59. Noy,
    Tecnólogo é de nível superior e técnico do ensino médio.
    Faça o tecnólogo, é bem melhor e mais completo.
    .
    Karlla,
    nao sou a pessoa mais apta a opinar sobre o mercado no Estado de Goiás. Estou meio longe daí e desconheço por completo.
    Quanto à escolha vai do que você quer trabalhar. No post Design de Interiores: dúvidas, eu ja respondi diversas vezes sobre isso para o pessoal nos comentários.
    Se você quer mexer com construção, faça arquitetura.
    Se não quer lidar com construção, faça Interiores.

  60. Olá, sou cadista e trabalho nesse setor há pouco mais de seis meses; a boa oferta de emprego me atraiu para esse setor. Contudo,estou muito interessada em cursar uma faculdade na área de design ou arquitetura. Gostaria de saber sua opinião sobre as possibilidades e diferenças de cada area no Estado de Goiás, desde já agradeço a colaboração.

  61. Olá, sou de curitiba estou em duvida se faço o tecnologo em design de interiores ou o técnico, estou preocupada em relaçao a aceitabilidade do mercado, sou formada em letras mas sou apaixonada por designer interiores.
    Desde ja agradeço

  62. Olá Astrid, bom contar com a tua participação aqui no blog.
    Concordo com o que você escreveu – o que realmente deveria ser. No entanto, aqui em Londrina essa parceria designer x arquiteto é praticamente impossível. São raros os profissionais que tem essa visão que você apresentou. A maioria mantem-se no seu trono de pseudos deuses auto-suficientes e detentores de todos os saberes. Por isso aqui eu prefiro trabalhar com engenheiros.
    abs

  63. A propósito,

    Arquitetos lançam pilares e escolhem o sistema estrutural, podendo fazer os cálculos até 4 andares.
    E podem responder por detalhes estruturais pra fazer uma reforma até 4 andares.
    Encontre um arquiteto pra ser seu parceiro nas reformas, e deixe o engenheiro pra fazer pontes, estradas, obras de saneamento básico, prédios altos…
    Assim, vc vai ser mais coerente, respeitando e sendo respeitado, afinal, o sistema estrutural é lançado pelo arquiteto com parte da arquitetura.

    Abs

  64. Sou arquiteta, e particularmente não gosto paginações, design de móveis, etc, pq não sei fazer e não quero fazer.
    Não creio que TODOS os profissionais de arquitetura se considerem completos na sua formação, a maioria dos meus colegas preferiam estar fazendo arquitetura.
    Existem, lógico, aqueles que se equivocam na escolha do seu curso, como estudantes escolhendo arquitetura acreditando se tratar de design de interiores, assim como alguns engenheiros escolhendo engenharia acreditando se tratar de arquitetura.
    O maior pepino aí são engenheiros fazendo projeto de arquitetura e construindo, e arquitetos fazendo o que o profissional de design deveria fazer.
    Os maiores prejudicados não são arquitetos, designs, engenheiros. Os maiores prejudicados são os clientes, que tem casas feias, pouco funcionais, pouco confortáveis, mal ambientadas, mal decoradas mas bem construídas, tão tristes como uma escultura mal formada, mas incrivelmente sólida!

  65. Bom Dia Paulo!

    Em comemoração ao dia do design, e para corrigir algumas confusões que acontecem com frequencia na faculdade, estamos publicando uma série de textos que ajudam a responder “o que é o design” no blog do centro acadêmico de Design da ULBRA Canoas.

    Eu descaradamente estou levando este texto até lá, com as devidas referências, caso você não aprove este tipo de prática, por favor me avise que eu susbstituo por somente seu link.

    Abraços!
    Caroline

  66. lá Caroline,
    claro que isso seria excelente para a sua empresa, mas principalmente para seus clientes.
    Só espero que este trabalho seja desenvolvido por alguém devidamente habilitado em Design de Interiores e, pelo que percebi, você mesma pretende fazer este curso. Parabéns pela consciência.
    Digo isso pois ja vi algumas empresas do ramo da tua fazendo este trabalho, porém sem contar com um profissional do ramo. Já imagina o que rola não é mesmo?
    https://paulooliveira.wordpress.com/2008/06/30/design-de-interiores-cursos/
    No link acima, tem uma listagem de alguns cursos espalhados pelo Brasil, dividido por estado, Clarto que hoje em dia já existem outros mais. Os que postei são aqueles que conheço melhor e, portanto posso indicar ok?
    Obrigado pelo elogio ao blog e fico feliz que esteja comprindo o seu papel informativo.

    Grande abraço!!!

  67. Olá, tudo bem?
    Tenho uma agência de assessoria em marketing, e Design de Interiores me fascina, creio que possa agregar esse serviço nas empresas que eu atendo, melhorando ou até criando ambientes estratégicos afim de melhorar a imagem interna das empresas. Meu pensamento está correto? Moro no Vale do Paraíba você tem alguma instituição para me indicar?

    Abs

    Parabéns pelo site

  68. Nossa, que clima ruim esse de arquitetos x designers.
    Perde-se uma ótima oportunidade de desenvolver trabalhos legais.

    O Maneco Quinderé me ajudo muito uma vez, e nem era sobre iluminação. Aproveitei um tempinho depois de uma reunião pra pedir umas dicas de como revestir uma coluna redonda com chapa de cobre sem usar rebites. Com a acessoria informal dele consegui resolver um detalhe muito complicado.
    Também trabalhei em projeto de uma casa em Angra que tinha a luminotécnica assinada pela Isabel Duprat. Nem preciso dizer que ficou lindíssimo.

    Tenho certeza de que bons profissionais, independentemente da formação, conseguem bom diálogo.
    É só ter paciência e ouvir o que o outro tem a acrescentar. Assim todo mundo se enriquece.

    Boa sorte aí pra vc.

  69. Boa tarde.
    Gostaria de ter informações sobre aonde encontrar um bom curso de formação para decoração de interiores no Rio de Janeiro.
    Sou publicitária e estou disposta a ingressar em uma nova profissão.

  70. Maria, então não entendo o porque de você ter se sentido ofendida.
    Você está fora desses “alguns” que cito no post uma vez que é mais que especializada e entendida nos assuntos que formam o todo de Interiores.

    Sobre o “não precisamos lidar com outras áreas, cálculo estrutural por exemplo, o que nos facilita e muito trabalhar espaços mais coerentes e corretos” não estou nada equivocado. Refiro-me aqui ao trabalho do Designer de Interiores/Ambientes, e não do arquiteto ou engenheiro.

    Nós Designers, podemos pegar uma planta e propor ao cliente a derrubada de paredes e outras alterações para melhorar e adequar os espaços. Caso o cliente aprove, temos nossos PARCEIROS engenheiros que ficarão responsáveis (projeto e execução) por esta parte da obra.

    Assim sendo, temos como voltar toda a nossa energia, foco e conhecimento para o resto do projeto.

    Eu trabalho 90% com Light Design, e nem por isso me prendo na parte elétrica. Quem faz isso pra mim é um amigo meu engenheiro elétrico.

    Isso, ao contrário de nós, vemos “alguns” arquitetos querendo fazer tudo, que dizem saber e dominar tudo, o que convenhamos, todos sabemos que é balela.

    Eu também conheço excelentes arquitetos, mas que fazem o projeto completo incluindo detalhamento perfeito de marcenaria, são só dois ou três.

    Hoje mesmo vi um projeto pronto aqui onde as arquitetas tiveram o disparate de colocar num living 64 pontos de luz…. dicróicas e ARs… nem vou te contar os outros cômodos… e também não entrar em detalhes sobre móveis testados e retestados das lojas (aquela coisa de experimentação sabe?)… moral: os proprietários e seus filhos pequenos estão roxos de tantas quinas secas e já passaram tanto nervoso com a obra absurda e problemas pós ocupação que resoleram passar dois meses nos EUA pra tentar livrar-se do trauma.

    Pois bem, se elas tivessem tido a humildade de buscar parcerias com designers, light designers e outros mais, certamente isso nao aconteceria. Aí sim teriam um projeto realmente coroado com maestria.

    Em momento algum postei que TODOS os DAs são magníficos e perfeitos. Assim como existem “alguns” arquitetos, também existem “alguns” DEZÁINERS.

    Voc~e certamente teve a sorte de conseguir atuar dentro de escritórios de arquitetos que não fazem parte desses “alguns” que cito no texto. Talvez, por isso, você não perceba este outro lado que coloco no texto ok? E tamém por estar em um centro grande onde a mentalidade é totalmente diferente do interior. Aqui por exemplo (e em varias outras cidades que conheço do interior) é comum nos coquetéis só serem convidados os arquitetos. Eles fazem uma pressão danada em cima dos donos das lojas/empreendimentos de que se algum designer for convidado, todos se retiram e boicotarão as lojas/empreendimentos. E fazem isso na cara dura.

    Se cruzam com algum designer em algum lugar, não é raro humilharem em alto e bom som o designer…

    Estes são os “alguns” que me refiro. Infelizmente, tem gente que nao sabe viver em sociedade, nao entende o significado e o que uma parceria pode trazer de bom para si. Este é o maior problema dos cursos de arquitetura. Você vê isso ate mesmo dentro dos foruns de arquitetura (arquitetas de salto alto, por exemplo), se recusam a entrar numa obra, se recusam a passar o simples telefone de um eletricista e varias outras coisas…

    Bom, mas saí do foco do topico, mas vale pra te explicar um pouco mais sobre a visão que coloco em meu texto. Coisas mais práticas.

    Espero que encontre um curso realmente decente de pós, pois tem muito lixo por aí. Estou formulando um topico igual ao de cursos que postarei mais adiante. Quem sabe você não encontre ali o que você deseja ok?

    Abraços

  71. Joilma,

    certamente que vai te ajudar e muito não só com os novos modulados mas também com os moveis de escritório que você já trabalha.
    Com este curso, você terá como oferecer aos teus clientes um atendimento super especializado e específico, podendo oferecer até mais que simplesmente os móveis. Poderá projetar os espaços por completo.
    Invista sim neste curso pois certamente só vai agregar valor ao seu negócio.
    Bom, sobre a viabilidade, é interessante – caso você não saiba desenhar – buscar um curso de desenho de observação e outro de perspectiva antes de fazer o curso. Isso facilitará e muito o teu trabalho futuro e dentro do curso.
    Boa sorte e precisando de algo pode perguntar ok?
    abs

  72. Olá, queria uma opinião de quem está na área de Design de interiores, visitando esse site vi que talvez possa me ajudar.
    Sou comerciante ha l7 anos na área de papelaria e móveis de escritório, mas estou querendo ampliar a loja de móveis com modulados residencial. Ha muitos anos venho querendo fazer um curso superior, que de início eu so pensava em administração de emprêsas, mas nos últimos dias comecei a ficar curiosa sobre design de interiores, então queria saber se o curso poderá me ajudar no que ja trabalho ou tenho que trabalhar por fora se quiser seguir a profissão? e também preciso saber se o curso so é viável para quem tem um dom, para quem ja sabe desenhar bem, etc? aguardarei resposta

    Desde ja, muito obrigada

    Joilma

  73. I – Achei seu blog porque estava pesquisando informações sobre cursos de Luminotécnica;
    II – Estou procurando cursos de especialização em interiores (que duram apenas 12-14 meses, por sinal)
    III – Antes de fazer arquitetura fiz 4 anos de curso técnico em desenho industrial, que abrangia ergonomia, teoria e psicologia das cores, desenho de móveis, composição, história da arte, etc;
    IV – também cursei alguns anos de Eng. Civil antes de arquitetura, e a frase “não precisamos lidar com outras áreas, cálculo estrutural por exemplo, o que nos facilita e muito trabalhar espaços mais coerentes e corretos” me parece um tanto quanto equivocada.
    V – desculpe meus “comentários desprovidos de conteúdo e conhecimento”. Talvez seja pq trabalhei alguns anos nos mais famosos escritórios de arquitetura do Rio de Janeiro e vi na prática que todos se preocupavam com o “fechamento/coroamento da obra através da escolha das cores, texturas, revestimentos, mobiliário, os layouts ergonomicamente corretos, etc”, e todos os arquitetos com quem trabalhei projetam espaços extremamente corretos e coerentes e inclusive detalham móveis, optando pelos planejados por solicitação do cliente (os DA também usam os móveis planejados???). Esse perfil não combina nem um pouco com a descrição essencialmente técnica que vc dá aos arquitetos.
    VI – já vi muita coisa ruim de arquiteto, é verdade, mas tb já vi cada bobagem feita por DA’s, aff!

    Bem, de tudo uma coisa é certa: estudar é necessário, se especializar é fundamental, se atualizar é imprescindível. Só não dá é pra comprar a verdade…

  74. Maria,
    realmente você não entendeu o meu artigo, a lógica do mesmo e tampouco minhas considerações.

    Não coloquei em momento algum que os arquitetos não estão aptos, apenas que a formação de um Designer de Interiores/Ambientes é bem mais específica, aprofundada neste sentido uma vez que não precisamos lidar com outras áreas, como cálculo estrutural por exemplo, o que nos facilita e muito trabalhar espaços mais coerentes e corretos já que para as outras áreas, temos os parceiros engenheiros e arquitetos.

    Em momento algum coloquei absolutamente nada sobre “cursos à distância”, isso é você quem está dizendo. Refiro-me à formação tradicional.

    Quem sabe se você e “alguns outros arquitetos” buscarem informar-se melhor sobre os cursos de Design de Interiores/Ambientes, não fariam tais comentários desprovidos de conteúdo e conhecimento.

    Quem sabe, deveriam fazer como os “outros arquitetos conscientes” que estão buscando especializações em Design de Interiores pois estes, sabem que durante os 5 ou 6 anos de faculdade, esta área ficou seriamente descoberta graças à imensa variedade de disciplinas que vocês tem de cobrir na Matriz Curricular o que, nem de longe forma um profissional capaz de tudo como “alguns” pensam. Portanto, especializar-se é sim necessário pois a área de Interiores/Ambientes é bem mais séria e complxa do que vocês aprendem durante a faculdade.

    Abs.

    • Boa Tarde caro colega,1º gostaria de esclarecer que “os decoradores” não são tão incapacitados como você sitou lá no topo deste artigo,2º você prejulgou sim o ensino a distância, acho que mudou muita coisa desde que vc se formou. Pelo que vejo tá gerando controvérsias, eu fiz um curso de decoração de interiores, mas não é tão limitado como vc citou. Passamos por vários tópicos interessantes referente a reforma residencial, comercial clínicas, hospitais, creches, órgãos públicos e etc, Atendendo todos os requezitos necessários a uma reforma como, planta de reforma, projeto de decoração, projeto de iluminação, projeto hidráulico etc. Bem como atender as normas legais e técnicas a elaboração de projeto e/ou execução de serviços de Arquitetura de Interiores ou Reformas, que impliquem na definição ou alteração de espaços internos, ou mesmo externos, do edifício ou objeto arquitetônico, ficam sujeitos à Anotação de Responsabilidade e acompanhamento de um arquiteto .
      Aprendi tbm sobre a teoria da decoração: elementos de decoração, equilíbrio-proporção, circulação-cortinas-estofados, bem como o processo de fabricação, estudo das cores, teoria da cor, programação cromática, função e psicologia da cor, iluminação, acessórios,arquitetura aplicada-acabamento, teto, piso e parede,História da arte, história do mobiliário, estilos-conceito do móvel, designer, tendências contemporâneas etc. Ufa… isso é só o que lembrei de cabeça, mas como minha professora falava “designer de interiores ou decorador de interiores (abrasileirado), o que vale mesmo é o dom da criatividade, se não tivermos criatividade não adianta obter o conhecimento pois os dois tem que andar juntos. Sobre o ensino a distância, acho que está sendo preconceituoso, pois sabemos que muitos alunos de ensino presencial só forma empurrado por outros colegas, agora a distância vc tem que estudar muito e ir lá fazer a prova e mostrar tudo que sabe… Difícil julgar, mas posso te garantir que sou “decoradora de ambientes sim com muito orgulho, e de quebra gosto de criar e não só copiar alguns móveis”…

      • Tânia
        Quero fazer o curso de desing de interiores. Achei bem interesante o conteúdo programático do curso que você fez e gostaria muito de saber onde foi para que possa entrar em contato com a instituição. Aguardo contato. Obrigada

  75. Deixa eu ver se entendi: um arquiteto, que por 5 anos estudou (sim!) a “parte estrutural interna da edificação e dentre essas temos as aberturas, fechamentos, janelas, portas, colunas, vigas, escadas estruturais, mas tem a ver também com a relação entre os espaços, destinação e usos destes espaços”, não está tão habilitado a fazer projetos de interiores quanto alguém que estudou à distância em uma “instituição séria, digo, comprometida com você, com seu futuro profissional”, etc?

    Desculpa aí, mas acho que sou “alguma arquiteta” que não entendeu bem essa lógica, rsrsrs…

    Eita, cada uma que a gente ouve nesse mundão, sô!

    • Olá bom vou deixar uma opinião de Arquiteta e Urbanista, onde trabalho com Arquitetura, Interiores e Regularização de plantas na Prefeitura.
      Ao ler seu texto você deixa bem explícito sim, mesmo se referindo “alguns arquitetos”, que o curso de cinco anos somente dá o direito de analisarmos e projetarmos a parte estrutural? Bom vamos lá …
      No curso de cinco anos de Arquitetura E urbanismo aprendemos muito sim cálculos e como CRIAR e PROJETAR um ESPAÇO. Temos muitasssss aulas disso. ANALISAMOS a comodidade total do usuário. Nos preocupamos inteiramente sim com o SER que HABITARÁ o seu “HABITAT”.
      Temos capacidade completa (como exigido em todo curso de Arquitetura e Urbanismo recomendado pelo MEC) para PROJETAR ESPAÇOS. ISSO É SER UM ARQUITETO E URBANISTA.
      Vemos toda legislação exigida pelo órgão competente para a aprovação de um projeto. Onde a PMSP exige até certas dimensões internas, carga de lotação, dentre outras muitas exigências internas.
      Será que ainda não sabemos PROJETAR UM ESPAÇO depois de 5 logos anos de curso de graduação?
      Ao finalizarmos um projeto com todo seu espaço interno já definido feito por um Arquiteto ou Engenheiro. Será necessário um estudo para o acabamento como foi dito por você. Mas lógico que um arquiteto como qualquer outra pessoa necessita de uma ESPECIALIZAÇÃO ou um CURSO para que se aprofunde nessa finalização do projeto . OK.
      Mas até onde pode ir um profissional de Design na Arquitetura? Poderá escolher as cores, os móveis, definir os Seis elementos do ambiente interno ou externo. Sim pode. Mas se for necessário demolir uma parede ou mesmo fazer um furo na laje? Não isso infelizmente não poderá ser feito por um profissional de Design. Pois será necessário alguém que estudou os “meros” 5 anos e se “ferrou” no Curso com um grau elevado de exigência para poder se formar e ter agora o Registro no CAU. Pois somente essa pessoa ou um Engenheiro poderá assinar uma planta. Ou seja um profissional de Design ou um Decorador se limitará as paredes existentes.
      O Arquiteto ou Engenheiro saberá se aquela parede poderá ser eliminada, se lá passa um pilar de sustentação de uma viga.

      Assim que começo um projeto já pré-defino a localização dos móveis, parte elétrica e hidráulica. ISSO APRENDEMOS SIM NO CURSO DE ARQUITETURA.
      Como Arquiteta sou louca por interiores e sei que como ser humano, sou limitada e sempre preciso me especializar cada dia mais.
      Sou Técnica em Design Gráfico também e entendo que o Design engloba toda análise da forma e uso.
      Como já estudei grandes Arquitetos que desenvolviam um design sem igual:
      PAULO MENDES DA ROCHA , LINA BO BARDI , ZAHA HADID, FRANK GEHRY , FRANK LLOYD WRIGHT, LE CORBUSIER , MIES VAN DER RODE, MARCEL BREUER (ADORO SEU ESTILO DE DESIGN), PHILIP JOHNSON E A LISTA CONTINUA… ESTUDAMOS TODOS ESSES NO CURSO COM A MATÉRIA DE HISTORIA DA ARTE E ARQUITETURA. Grandes mestres a seguirmos e superamos.

      Enfim só quero deixar claro que falar em “alguns arquitetos” está sendo uma forma grosseira. Ok. Há modos mais limpos de deixar claro até onde pode ir cada profissão.

      Acho a meu ver muito mais correto em se tratar desta análise de finalização de Arquitetura de interiores : “A arquitetura de interiores, de um modo geral, se resume ao aproveitamento máximo dos espaços internos tendo como objetivos a beleza e a harmonia entre os elementos, conforto e funcionalidade para os usuários.” – Karina Trevisan é arquiteta e urbanista, diretora do núcleo Piracicabano do IAB/SP .

      Agradeço o espaço.
      Arquiteta Caroline Pereira.

      • Carolina,

        esta é a sua visão defensora da sua profissão. Não tente desvirtuar o que escrevo, jamais.
        Quando me refiro a “alguns arquitetos”, me refiro à “alguns arquitetos”. Se tivesse lido atentamente ao texto e sem pedras nas mãos teria entendido perfeitamente isso.
        A sua visão é a corporativista, classissista e nada mais justo que defenda com unhas e dentes a sua profissão. Porém, seus comentários deixam claro que desconhece a verdadeira capacidade de um Designer de Interiores/Ambientes que é fundada, assim como o seu, num curso superior. Portanto não venha desmerecer a minha profissão com seus pitis.
        Sou responsável pelo que escrevo/falo. Jamais pelo que você entende.
        Se coloquei o que coloquei no texto é baseado na minha experiência profissional junto a alguns exemplares dessa péssima arquitetura. Sim, tenho bons exemplos mas posso afirmar que sobram dedos nas mãos ao indica-los.
        Não generalize sobre a formação dos arquitetos e tampouco esconda-se sob o véu perfeccionista do MEC pois conheço arquitetos que nem uma PB sabem fazer direito.
        Não me interessa essa visão alterada da “arquitetura de interiores” numa tentativa desesperada de assumir o nicho mercadológico e bastante rentável que é interiores.
        Como já ouvi de diversos arquitetos quando indagados do porque atuam apenas em interiores a resposta sempre é: “porque dá dinheiro”.
        Lamentável.
        Arrumem a casa de vocês primeiro. Depois conversamos.
        ;-)
        Be happy!!!

      • Boa Noite Paulo,

        Nesta discussão acho pertinente falar sobre a faculdade que cursei, fiz Arquitetura e Urbanismo pela Unisinos/RS, claro que dentro do currículo tivemos diversas cadeiras de projeto, cálculos, urbanismo, além das cadeiras complementares obrigatórias, onde existe sim arquitetura de interiores, especializadas como : arquitetura comercial, arquitetura hospitalar, arquitetura de interiores, arquitetura para o espetáculo, são tantas as que tinham na minha época, talvez hoje existam mais.

        Concordo que existem diversos tipos de profissionais, mas isso inclui todas as profissões inclusive a de de designer de interiores.
        Todos as pessoas tem mercado hoje para trabalhar, mas a profissão Arquiteto tem na sua regulamentação trabalhar com interiores, e poder ser responsável técnico por um projeto de interiores.
        Não é porque a pessoa fez um curso superior que ela esta habilitada a fazer certos procedimentos dentro dessa área, isso todos nós sabemos.
        Existe um limite para cada profissional, basta ele ter o discernimento de saber se tem conhecimento para exercer o trabalho.

        Acredito que tu tens experiência profissional para isso, mas quantos designers de interiores fazem projetos que não podem ser executados.
        Existem dois lados ja vivenciei isso, um profissional que vendeu um projeto que não pode ser executado, pois a Administração do local exigia a RRT de projeto para avaliação do escritório de arquitetura responsável pela execução e ele não foi claro para o cliente dizendo que ele não fornecia essa responsabilidade técnica.

        Espero que tenha ajudado, acho que tem que existir uma parceria nessas áreas, o arquiteto, o engenheiro e o designer de interiores, essas profissões se misturam, as pessoas não sabe as vezes as diferenças.

        O importante é que exista respeito, não é discriminando o outro que poderemos ter sucesso.
        O sucesso depende da dedicação e conhecimento de cada um.

        Abraços

        Camila

  76. Ola,gostei muito de visita-los,trabalho na area de pinturas especias a mais de 10 anos ,como patina,marmorização,texturas artezanais e necessito aprofundar meus conhecimentos na area de decoração e design.Grata.Eliete albuquerque

  77. Marcia,
    como já coloquei várias vezes em outros tópicos, tenho sérias dúvidas sobre os resultados obtidos em cursos à distância em áreas técnicas como é o caso de Design de Interiores.
    Não indico curso à distância nesta área.

  78. OI,SOU MARCIA DE CASTANHAL-PARA E TRABALHOa mais de 6anos COM O PROGRAMA PROMOB EM UM ALINHA DE MODULADOS ,GOSTARIA MUITO DE FAZER UM CURSO DE DECORAÇAO E DESIGNER,MAIS AQUI NA MINHA CIDADE NAO TEM O QUE VC ME ACONSELHARIA ,UM CURSO A DISTANCIA OU….?? FICO NO AGUARDO!!

  79. ola pessoal,,,eu discordo com a educaçao a distancia nao seja boa.porque acho que depende muito do aluno , as vezes o aluno frequenta as aulas e sai sem saber nada a educaçao a distancia nao e so otima como um renovo da tecnologia…gostaria eu ter a opurtunidade de faze-lo mais nao existia na minha epoca.rsrsrsrs

  80. Olá Samantha,
    o texto é parte de minha monografia de especialização em Educação Superior.
    Vou mandar para você os dados certinhos por e-mail ok?
    Abs.

  81. ADOREI OS COMENTÁRIOS!!!
    PRECISO SABER A QUEM DAR OS CRÉDITOS DO TEXTO E REFER~ENCIA COMPLETA SOBRE O TRABALHO DE PESQUISA REALIZADO SOBRE O ASSUNTO. PRETENDO CITAR O CONTEÚDO AQUI APRESNETADO NUMA AULA NO CURSO DE PÓS EM DESIGN DE MÓVEIS QUE VOU MINISTRAR. SERIA POSSÍVEL?!

  82. Olá Dayane,
    fique a vontade para divulgar.
    é imprescindível que este tipo de informação seja espalhada para conscientizar o mercado, os clientes e outros profissionais sobre a nossa área de atuação.

    Saudações!!!

  83. Aline,
    os cursos em Design de Interiores podem sim ser interessantes a distância, embora ainda haja pré-conceitos por ser relativamente uma modalidade nova de ensino. Certifique se a Instituição é séria, digo, comprometida com você, com seu futuro profissional. Insista na proposta pedagógica e nas ações que a Instituição vai proporcionar para que você tenha uma formação profissional voltada não somente para a questão técnica propriamente dita, mas que enfoque os valores, atitudes e que te ensine a buscar sempre mais conhecimentos.
    abraços

  84. Olá Caroline,
    bom, como toda profissão hoje em dia tem as suas dificuldades.
    Mas também tem o seu lado bom e gratificante.
    Isso vai depender e muito do profissional. O mercado está aí para todos e cabe a cada um buscar a sua parcela e espaço dentro deste.
    Já que pensa em fazer um curso futuramente e diz que não entende nada da área, comece então já participando de palestras, fazendo cursos de desenho e outros mais que você irá utilizar na profissão.
    Vale sim a pena investir pois é um mercado em franco desenvolvimento.
    abs

    Paulo Oliveira

  85. Ola eu gostaria de saber se esta area eh uma area abrangente no mercado de trabalho, eu nao entendo nada da area mas me interessei, por isso quero saber se eu teria muita dificuldade?
    pretendo fazer algum curso futuramente…
    Adorei o Site.

  86. Aline, obrigado.
    Esta é a intenção deste blog: informar tanto aos profissionais, acadêmicos e mercado (clientes e fornecedores).
    saudações!!!

  87. Olá Maria do Carmo,
    bom, eu nao indic a ninguém um curso à distância nos casos de áreas técnicas como Design de Interiores. Como educador, não vejo como este tipo de curso possa vir a formar bons profissionais mesmo que, como no teu caso, já tenha cursado algum período.
    O ideal é que você retorne à faculdade termine o seu curso. É o mais sensato e você terá menos problemas na hora da atuação profissional.

    Saudações

    Paulo Oliveira

  88. Gostaria de obter informaçoes sobre curso de Desing de Interiores à distância. Pois já fiz o primeiro período em uma faculdade e ,gostaria de continuar.

  89. Aline,
    eu não conisgo ver com bons olhos nenhum curso à distância que lide com áreas técnicas como são os casos de Design de Interiores ou Arquitetura.
    Se dentro de uma sala de aulas já é difícil o aluno conseguir dominar muitas coisas mesmo tendo o professor ali do lado, imagine o que vai acontecer e a quantidade de dúvidas e falhas num curso à distância.
    É preferível que você opte por um presencial mesmo e e nível superior.

      • Bom dia Paulo, tudo bem! Gostei muito do blog. Parabéns.

        Minha dúvida é a seguinte:
        Quero fazer o curso de Design de Interiores mas não sei se faço um curso de 1 ano e meio, no SENAC, ou encaro logo um de 4 anos (em uniesquina, porque pagar 1.600,00 na Belas Artes é meio difícil). Posso fazer um curso técnico e depois fazer uma pós? (Já tenho formação superior em outro curso), seria para complementar/reforçar a formação técnica.

        Cheguei a cotar a Escola Panamerica de Arte e Design. Qual sua opinião sobre ela? O aluno sai de lá com qual titulação? Não é barato, mas tem nome no mercado.

        Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s