Natal, 2010…

Nossa, o ano passou que nem vi…

Passou não, voou na verdade.

Além de muitos projetos, passei num concurso para professor do Projovem Urbano. Virei no período noturno professor de Matemática (UFF!!).

Isso se deve à necessidade que eu tenho de fazer algo pelo próximo, especialmente aos mais necessitados e carentes. E posso afirmar que está sendo uma escola de vida.

Dentre os alunos tenho de todos os tipos, raças, credos e origens. Este projeto destina-se a jovens de 18 a 29 anos que não concluíram o ensino fundamental e estão correndo atrás do prejuízo, esforçando-se para mudar a sua realidade de vida, agarrando-se na possibilidade de uma vida melhor. A esperança de ser respeitado, no mínimo.

As histórias de vida que convivo ali dentro são coisas que muitas pessoas não acreditam existir infelizmente. As coisas mais absurdas que o ser humano é capaz de fazer já ouvi relatos de alunos que vivenciaram isso. De violência física, moral e sexual, humilhação por ser pobre, drogas enfim, de tudo um pouco eles já viveram e experimentaram.

Agradeço a Deus por esta oportunidade, por esta vivência e experiência que me faz constatar que a minha vida e a de minha família é boa demais, mesmo com alguns percalços e coisas que, se comparadas às deles, não passam de grãos de areia que podem ser facilmente transpostos ou eliminados.

Então, quero aqui neste post de final de ano desejar do fundo do meu coração que todos vocês possam usar este momento tão especial que é o Natal e fazer uso do verdadeiro sentido dele: Jesus!

O verdadeiro presente que Deus nos deu, em seu infinito amor. Amor este, ágape. Aquele amor que não vê diferenças raciais, sexuais, religiosas ou sociais. Aquele amor capaz de estender a mão a quem quer que seja num ato de bondade que vem do fundo do coração, do mais profundo de nossas almas.

O amor puro e cristalino que nasceu numa manjedoura e veio ao mundo para doar-se a quem quer que seja, sem excessões, sem receios. Doar-se simplesmente por amar ao próximo, sem esperar absolutamente nada em troca.

E que o novo ano que está por iniciar-se venha 10 x 1000 em tudo para cada um de vocês: paz, saúde, amor, felicidades, realizações e muita, mas muita luz de Jesus sobre as suas vidas.

Agora vocês entendem o porque de eu estar sem tempo e com muita dificuldade de manter este blog atualizado como vocês e eu desejamos. Porém é por uma excelente causa: eles precisam muito mais de mim que vocês.

Isso não quer dizer que os estou abandonando meus leitores, é apenas uma explicação que sei que devia a vocês já a algum tempo.

Abraços a todos vocês.

PS= as fotos são da Catedral de Maringá – Natal 2010.

5 comentários sobre “Natal, 2010…

  1. Paulo, tomei conhecimento do seu blog esses dias, procurando coisas sobre design de interiores. Identifiquei-me com sua forma de pensar, seus posicionamntos, e acredito que vão me ajudar muito nesta “provável” nova empreitada (estou aqui com meus botões e Deus decidindo).
    Este post de Natal, especificamente, me chamou mais atenção quando você falou: “Isso se deve à necessidade que eu tenho de fazer algo pelo próximo, especialmente aos mais necessitados e carentes.”
    Tive este mesmo repente neste ano: o de dar significado ao que faço nesta vida. Minha decisão foi bem parecida com a sua: dar aulas à noite para cursos EJA, para aproveitar meu diploma de Geografia.
    E a decisão de fazer design de interiores vem ao encontro aos meus ideiais de fazer aquilo que eu gosto.
    Que Deus nos abençoe nestas empreitadas!

  2. Olá Iris,
    dependendo do projeto não há necessidade de registro na prefeitura, mas caso seja um projeto em área pública, nada que a parceria com um engenheiro ou arquiteto não resolva.
    abs

  3. Paulo, parabéns pelo seu blog… muito interessante!!
    Tenho uma dúvida que não tem a ver com o artigo. Gostaria de saber se um Designer de Interiores pode assinar por um projeto de acessibilidade(reforma) perante a prefeitura?

    Desde já agradeço!
    Iris

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s