Nova praça: do lixo nasce uma flor

Nesta terça-feira os moradores de São Paulo terão mais uma opção de lazer: a Praça Victor Civita, em Pinheiros. A beleza desta iniciativa foi a de transformar em praça um terreno degradado que funcionou como centro de processamento de lixo até 1989, e que era ocupado por três cooperativas que faziam a separação do lixo da região. A solução? Foram criados decks de madeira certificada e concreto (como você vê na imagem do projeto), que isolalados isitantes das áreas de solo contaminado.  Agora o lugar será um espaço de informação e reflexão sobre a preservação ambiental. Através dos decks de madeira que guiam o passeio pela Praça, a comunidade poderá descansar e participar, gratuitamente, de atividades físicas, culturais e educativas.  O terreno tem cerca de 14 mil m² e conta co uma arena para espetáculos com arquibancada, equipamentos de ginástica ao ar livre e pista de caminhada . A primeira semana de funcionamento está com uma programação especial (veja na continuação da matéria). Serviço: Rua Sumidouro, 580 – Pinheiros

Dia 4:  debate “O que é Sustentabilidade Afinal?”, que acontece às 12h e terá a presença do filósofo Renato Janine Ribeiro, do professor da FEA/USP, João Furtado e do presidente do Instituto Akatu, Hélio Mattar. O debate será mediado pela jornalista Patrícia Palumbo, da Rádio Eldorado.
Dia 6, também às 12h, o público poderá assistir a um concerto didático com o instrumentista Charles da Flauta e apresentado pelo jornalista Gilberto Dimenstein.
 
Exposição permanente: Sobre as formas, materiais e tecnologias empregadas na reabilitação ambiental do terreno, além de abrir espaço para intervenções artísticas, um bom exemplo de como a arte pode ser pensada em espaços públicos. O objetivo é tornar a Praça Victor Civita um modelo a ser reproduzido em outras localidades, por tratar-se de um centro de convivência e qualidade de vida originado da transformação de uma área pública em condições precárias.

Sugado: O Guia Verde

Quem dera as administrações públicas tivessem um pouco mais de visão e consciência ecológica, sem contar ainda com a de embelezamento urbano e promovessem ações como essa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s